Injeção Eletrônica

Realizado por profissionais qualificados, esse serviço é o mais tradicional da nossa empresa. Utiliza equipamento de rastreamento por computador e limpeza de bicos de ultima geração. Garantia de 4 messes ou 4.000km. Tempo de serviço: 2 horas.

Conheça um pouco mais sobre injeção eletrônica e os cuidados necessários para sua conservação
O sistema de injeção eletrônica, muito comum nos carros atuais, foi criado para substituir os carburadores. Para o bom funcionamento do sistema e do motor, você deve seguir algumas recomendações importantes.

Injeção eletrônica economiza combustível
A injeção eletrônica é o sistema de alimentação de combustível que substituiu os carburadores e melhorou o desempenho dos motores, diminuindo o consumo de combustível e reduzindo a emissão de gases poluentes. Isso é possível porque o sistema de injeção eletrônico permite um controle mais completo e adequado da mistura de ar e combustível que entra no motor.

O sistema faz a leitura de diversos sensores espalhados em pontos estratégicos do motor, examina as informações e, com base em outros dados gravados em sua memória, envia comandos para diversos atuadores. Esse procedimento é efetuado varias vezes por minuto. A injeção eletrônica também dispensa o uso do afogador, peça rara nos carros hoje em dia.

Manutenção preventiva
A manutenção preventiva é importante, já que as peças do sistema eletrônico são bem mais caras que as do sistema carburado. A prevenção também serve para as peças periféricas, pois velas e cabos com defeito acabam danificando peças mais caras, como os sensores ou a central eletrônica da injeção.

Problemas típicos na injeção eletrônica
Geralmente, quando o sistema de injeção apresenta sinais de ineficiência o motor fica engasgando e com pouco rendimento, a marcha lenta fica irregular, e a potência do veículo diminui.

Prevenção de problemas
Seguir as especificações do manual do proprietário é fundamental, porque lá estão informações como a periodicidade em que os bicos injetores, velas e válvulas devem ser limpos e a durabilidade dos filtros de combustível.

Uma das principais medidas de prevenção é a limpeza dos bicos injetores, que deve ser feita a cada 30 mil KM, para evitar que sujeiras e resíduos do combustível prejudiquem o funcionamento do sistema.

Entre em Contato