Direção Hidráulica

Saiba como funciona a direção hidráulica e quais são os seus componentes:


A direção hidráulica utiliza a pressão dos fluidos para reduzir o esforço do motorista no uso do volante. Assim, o ato de dirigir passa a exigir menos do condutor, tornando a viagem mais
cômoda e tranqüila. Além disso, em um carro com direção hidráulica, a movimentação do veículo é menos afetada pelas imperfeições do asfalto. Em um carro com direção mecânica,
qualquer impacto causado por buracos ou ondulações irá ter um reflexo brusco no volante, podendo causar acidentes. Já no caso da direção hidráulica, existe um sistema que absorve
parte dos impactos, tornando o trajeto mais seguro.

Componentes da direção hidráulica


Bomba hidráulica

Têm como função gerar pressão de óleo suficiente para girar o pistão
hidráulico.


Válvula rotativa

É responsável por direcionar para qual lado do pistão hidráulico irá o óleo
hidráulico, somente pelo giro e ângulo do volante.
Pistão hidráulico: A sua função é receber pressão de óleo hidráulico direcionado pela válvula
rotativa, e a partir disso movimentar a cremalheira a assim, diminuir o esforço exigido para
que o condutor movimente o volante.

Como funciona a direção hidráulica?


Ao movimentar o volante, o condutor estará girando a coluna de direção, e
consequentemente irá movimentar a válvula rotativa e o pinhão. As aletas que vem da
válvula rotativa se combinam com as tubulações que vem da bomba hidráulica, liberando
fluido com pressão para um dos lados do pistão hidráulico.

Coluna de direção


A coluna de direção(barra de direção) atua para que os movimentos que o motorista exerce
sobre o volante sejam transmitidos a caixa de direção, onde, na direção hidráulica, a válvula
rotativa libera o óleo, que é bombeado para que haja movimentação do pistão. As duas peças
são interligadas pelo pinhão, que se encaixa perfeitamente à cremalheira.

Cremalheira


A cremalheira é uma régua dentada sobre a qual se desloca o pinhão, uma engrenagem com
dentes proporcionais, para que ocorra a transformação de movimento retilíneo em circular ou
o contrário. Ele transforma grandes rotações do volante em rotações pequenas e precisas das
rodas, para dar uma sensação de firmeza à direção.

Terminal de Direção


Nas extremidades da cremalheira são ligadas duas hastes, chamadas de terminais de direção,
que permitem a interligação do sistema de direção dos carros às rodas, ajudando a garantir a
correta dirigibilidade e estabilidade do veículo.
Dentro dos terminais de direção, encontramos o pivô de direção. Ele funciona como um elo
entre o chassi e o conjunto de suspensão, principal responsável pelo movimento das rodas em
todos os sentidos. É capaz de suportar impactos sofridos quando o veículo passa por buracos e
desníveis, e tem o papel de receber a força exercida pela aceleração e pela frenagem. Isso
tudo aliado ao mecanismo de compensação do esforço empreendido pelo condutor que a
direção hidráulica oferece, torna a condução mais leve e confortável.

Seu carro esta apresentando esse problema ? venha fazer um orçamento sem compromisso com a gente

Esse serviço é Realizado por profissionais treinados na Beto’s Car, utilizando equipamentos importados de ultima geração. Garantia de 6 meses ou 6.000 com a qualidade e segurança Beto’s Car!